Comportamento

coracao_partido

Durante um encontro com várias mulheres de quarenta percebi que essa faixa etária, queria ou não, nos deixa muito mais corajosas para tomar decisões.

Estamos mais seguras não só no mundo afetivo, como também, e principalmente, no profissional.

Não é raro encontrar mulheres que aos quarenta anos resolveram mudar radicalmente de profissão. Largaram anos nos escritórios, agências, consultórios para se arriscar, sem medo, numa nova empreitada. A busca da felicidade

No meu caso, como produtora de eventos, (e também blogueira) após 13 anos de casamento, 3 filhos, um dia, repentinamente, decidi mudar de uma vez.

Não posso dizer que foram 13 anos de infelicidade, traição e falta de sexo…Não. Mas nos últimos 6 anos, era só sobrevivência e tolerância por conta da estabilidade em ter uma “Família”. Até porque aprendi com minha mãe, que apendeu com minha avó que casamento é para sempre…E que voltar com malinhas para casa da mamãe, nem morta!

E nada melhor do que aos 40 anos para poder tomar decisões audaciosas sem medo de perder.

Claro que depois do luto da separação – aquele que todo mundo passa – e depois de todas as dores e amarguras, vem a bonança.  Sim, isso para aqueles que conseguem se superar.

No primeiro mês foi plástica, depois academia, novas amizades e novos amores. Não foi uma tarefa fácil. Demanda vontade, equilíbrio e sabedoria, e muito mais que isso: Amor Próprio.

Mas, quando a perda da separação é insuperável, os resultados geralmente são trágicos, especialmente para os filhos que são os que mais sofrem nesse processo. Se o ex, ou a ex, já encontrou um novo par, pode ser pior ainda!

Os filhos viram escudo. São jogados de um lado para o outro. Participam, ainda que sem querer, das chantagens emocionais contra o ex parceiro ou parceira.

E você, que já passou pelos mesmos problemas, observa sem nada poder fazer. Apenas torce para que tudo acabe bem, assim como acabou para você. Torce para que o tempo passe rápido, para que a poeira tome assento e para que tudo chegue ao fim.

Hoje, a calmaria chegou! E nada melhor do que o tempo para ganharmos experiência e equilíbrio consigo mesma.

Nessas novas empreitadas das mulheres de quarenta, percebo que o que está em jogo é ganhar mais qualidade de vida, ter tempo para cuidar de si e poder dar mais atenção aos filhos. Isso, não tem preço!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: